A.A.2. Aprovar a Iniciativa de Cooperação em matéria de artes visuais Iber Artes Visuais, cujo objetivo é fomentar as novas formas de expressão e criação plástica e multimídia na região, com a participação da Argentina, Chile, México e Paraguai.

  • XXIV Cúpula de Veracruz (México)
  • | Programa de Ação
  • | Cultura
  • | Espaço Cultural Ibero-americano (ECI)

A SEGIB foi instruída através do Programa de Ação emanado da XXIV Cúpula Ibero-Americana de Chefes e Chefas de Estado e de Governo a aprovar a iniciativa de Cooperação Ibero-americana em matéria de artes visuais de acordo com o parágrafo A.A.2 do referido documento.  

Assim, desde agosto de 2015, foi iniciada a execução desse mandato com a constituição da iniciativa Iber Artes Visuais durante a reunião do Conselho Intergovernamental durante os dias 31 de agosto e 1 de setembro de 2015, em Buenos Aires (Argentina), na qual participaram representantes do país que sediou o encontro, do Chile, do México e do Paraguai.  

Entre as discussões a respeito dessa iniciativa trataram-se temas como as linhas de atuação e a necessidade de estabelecer um programa de trabalho, bem como as questões financeiras a respeito do Iber Artes Visuais. Ademais, foi decidido por unanimidade que a Argentina seria a responsável pela presidência e a unidade técnica da iniciativa.  

Já na seguinte reunião, celebrada em 23 de maio de 2017, outras questões foram acordadas como:  

  1. Manter a Argentina na Presidência do Programa e da Unidade Técnica a cargo de Andrés Duprat, do Ministério de Cultura, até começar o POA 2018-2019.   
  2. Começar a Iniciativa priorizando as primeiras duas linhas de ação propostas no POA inicial: começo da Iniciativa e fundos para a criação e investigação artística. Essa decisão foi tomada para dar continuidade aos objetivos propostos.  
  3. Discute-se sobre a reformulação do POA com base na perspectiva das estratégias de ativação regional da iniciativa. Nesse contexto, decidiu-se manter como roteiro as ações já fixadas anteriormente a curto prazo, as linhas 1 e 2 do POA. Além disso, foi acordada a postergação das propostas de médio e longo prazo descritas nas linhas 3, 4 e 5 do POA, tendo como objetivo a adaptação ao Manual Operacional 2016 e a inclusão de maior número de países participantes.
  4. Definição do POA 2018.  
  5. Redação de uma carta para o campo artístico, especialistas e contrapartes, dos países ibero-americanos, dirigida às artes visuais com o objetivo de convocar e convidar a cooperar com a Iniciativa, contribuindo com conteúdos e informação.  
  6. A Argentina compromete-se a dispor de pessoal na Unidade Técnica, para o relançamento da Iniciativa: especificamente na coordenação da concepção e estratégia de conteúdo do portal web AVI.
  7. Solicita-se ao Escritório Regional para o Cone Sul uma proposta para a administração dos fundos da Iniciativa.  
  8. Por sua vez, a SEGIB oferece a colaboração da sua área de Comunicação para dar assistência técnica e contribuir em um plano estratégico de comunicação para o lançamento da página web em 2018.  
  9. Propostas para 2019: concurso ibero-americano da imagem da Iniciativa.  

Na Reunião de Responsáveis de Cooperação Ibero-Americana, realizada em Madri, nos dias 24 e 25 de junho de 2019, acordou-se oficializar o encerramento da Iniciativa Iber Artes Visuais.