C.C.2.1 Estabelecer, no quadro do Espaço Cultural Ibero-Americano, um mecanismo interinstitucional de cooperação e intercâmbio de projetos culturais, baseado em uma metodologia comum, para a integração e a coesão dos nossos povos, especialmente da população jovem.

  • XXV Cúpula de Cartagena das Indias (Colômbia)
  • | Programa de Ação
  • | Cultura
  • | Espaço Cultural Ibero-americano (ECI)

O Programa de Ação de Cartagena das Índias, aprovado pelos Chefes e Chefas de Estado e de Governo na XXV Cúpula Ibero-Americana, que se realizou nos dias 28 e 29 de outubro de 2016 em Cartagena das Índias (Colômbia), estabelece no seu parágrafo C.2.1 que seja criado, no “quadro do Espaço Cultural Ibero-Americano (ECI), um mecanismo interinstitucional de cooperação e intercâmbio de projetos culturais, baseado numa metodologia comum, para a integração e a coesão dos nossos povos, especialmente da população jovem”. 

Uma das prioridades do ECI consiste em ativar políticas culturais com grande impacto na população jovem ibero-americana. Consequentemente, mais de 70% dos participantes e destinatários dos Programas de Cooperação Cultural são jovens. Para o cumprimento do mandato, até ao mês de maio de 2018 foram apoiadas 28 mobilidades para o financiamento dos quatro projetos regionais descritos, tais como as seguintes experiências: Ler é a minha história, Plano Nacional de Fomento da Economia e Indústria Criativa, Escola Workshop e Casa Central da Cultura Popular Villa 21-24, tal como se descreve nas atividades que a seguir se apresentam: 

1.     Plano Nacional de Leitura e Escrita “Ler é a minha história”. Como resultado, a Bolívia, El Salvador, Honduras e o Peru elaboraram um Plano/Programa de leitura e escrita a partir da experiência e assessoria da Colômbia. As atividades apoiadas foram: 

- Mobilidade 1 

·      Seminário-Workshop Regional: "Apresentação completa do Plano de Leitura e Escrita - Ler é a minha história ", Bogotá, novembro, 2016.

·      Webinar 1 (regional): "Uma primeira leitura" virtual, março, 2017. 

·      Webinar 2 (bilateral): "Uma primeira escrita", virtual, abril, 2017. 

- Mobilidade 2 

·      Seminário Regional Biblioteca - Escola "Uma segunda leitura". Bogotá, maio, 2017. 

·      Webinar 3 (regional): "Uma segunda leitura" virtual, julho, 2017. 

 

- Mobilidade 3 

·      Visita de um especialista da Biblioteca Nacional da Colômbia a cada país: Bolívia, El Salvador, Honduras e Peru, agosto - novembro 2017. 

·      Webinar 4 (regional): "Uma terceira escrita", virtual, novembro, 2017. 

- Mobilidade 4 

·      Intercâmbio final e encerramento da "última leitura e escrita". Medellín, dezembro, 2017. 

 

2.     Casa Central da Cultura Popular Villa 21-24. Como resultado, foi organizada a exposição regional "Contos Pintados". As atividades realizadas foram: 

Atividades realizadas:

·      Webinar 3 (regional): Formulação do projeto regional "Contos Pintados", julho 2017. 

·      Elaboração de cronograma, março 2017. 

·      Webinar 4 (regional).

Atividades pendentes 2018: 

·      Mobilidade 2 

·      Workshop "contos pintados" 

·      Exposição Regional 

 

3.     Plano Nacional de Fomento da Economia e Indústria Criativa. Como resultado foi apresentada uma proposta de plano de trabalho para a formação de um Comité/Conselho Nacional de Economia Criativa para a Guatemala, Panamá, México, República Dominicana e Espanha. As atividades realizadas foram: 

Atividades realizadas:

·      Webinar 1 (regional): Apresentação do Plano Nacional de Fomento da Economia Criativa do Chile, junho 2017. 

·      Webinar 2 (regional): Apresentação por parte dos países do diagnóstico de economia criativa, agosto 2017.  

Mobilidade 1 

·      Conhecer o Plano Nacional de Economia Criativa do Chile, novembro 2017. 

·      Formulação do projeto regional. 

·      O Chile elaborou o guia metodológico para o desenvolvimento de um Plano de Economia Criativa: Mecanismo de Intercâmbio de Boas Práticas em Políticas Culturais Sul-Sul. 

·      Elaboração do diagnóstico. Os países realizaram o diagnóstico da economia criativa, julho 2017. 

Atividades pendentes 2018 

·      Mobilidade 2 

·      Desenvolvimento do guia metodológico 

·      Mobilidade 3 

 

4.     Escolas Workshop. O país ofertante foi Espanha e os países requerentes foram a Nicarágua, Paraguai e Chile.